Blog da Ritoca

Afeeee, nem acredito que faz esse tempão todo que não entro aqui! Que saudade do meu blog e de vocês, xuxis do meu coração! Depois eu explico direitinho o que aconteceu, mas por enquanto deixo esse convite pra gente se encontrar. Vai ser finoooooo! Sei que está um pouco em cima da hora, mas vou adorar ver vocês!

Beijocas da Ritoca


Escrito por Ritoca às 10h53
[ ] [ envie esta mensagem ]


Aaaaai, que saudade eu estava de escrever aqui!!! Que sumiço, né? É que este final de ano foi meio punk com as últimas provas do 1o colegial, baladinhas, namoro... tenho tantas coisas pra contar! Mas quer saber de uma coisa? Acho beeem mais legal - e finooooooo - logo vocês vão ver quem é que fala assim - vocês ficarem sabendo de TUDO aqui ó, no meu segundo livro!!!

LUUUUUUUUUUUUUUUXO TOTAL!! No Blog da Ritoca - Relacionamentos e Encrencas, minha história continua e eu conto tudinho que aconteceu este ano na escola. Putz, e eu nem sei o porquê de tantos pontos de exclamação, apesar de ter sido um ano bem loco: teve cada supermico, cada problemão...  Mas ainda bem que as Três Mosqueteiras continuam firmes e fortes - e lindas!  - para o que der e vier, né, amigas? Então espero vocês nesse livro laranjão super xuxis (logo vocês vão entender também da onde saiu isso, eheheh).

Sei também que estou super sumida do MSN, do Orkut, e não tenho respondido os recadinhos super fófis que vocês têm deixado para mim - até de Portugal, olha como eu sou finaaaaaaaaa . Brigadão, queridas! E prometo que vou responder TUDO, tá? Tudinho mesmo!

Aliás, essa é a primeira promessa de ano novo para 2007 - e, se for como 2006, agüenta coração!!!

Feliz Natal para vocês e um Ano Novo finooooooooo!!!

Beijocas da Ritoca


Escrito por Ritoca às 23h22
[ ] [ envie esta mensagem ]


Rapidinho!

Ei, agora eu tb tenho MSN : blogdaritoca@hotmail.com

Eu já tinha MSN - lógico, né? Mas aí uns moleques imbecis começaram a causar demais e eu não conseguia mais falar com ninguém, então resolvi detonar o outro endereço e fazer este aqui. Ou seja: Beto, Carlão e outros chatos que se acham a próxima revelação da versão brasileira do RBD  estão proibidos!

Mas a gente pode falar à vontade - e eu quase nem falo nada, né?

Beijocas da Ritoca


Escrito por Ritoca às 10h18
[ ] [ envie esta mensagem ]


E depois de um longo e tenebroso inverno – quer dizer, ainda é inverno, né? – eu estou de volta!!!  Ai, é que depois da depressão pós-vexame-na-Copa-do-Mundo veio a depressão pós-volta-das-férias-na-casa-da-avó (ou seja, adeus chocolate quente com pão de queijo), seguida pela depressão pós-volta-às-aulas-e-provas-insuportáveis.  Afff! Mas peraí que eu nem tô tão deprê assim também. Foi tão legal ver de novo a Lu, a Mari e as outras meninas, os meninos...

 

Pois é, os meninos. Dá até pra descarregar a raiva do “Hexa doeu, Brasil” inventando mil apelidos maldosos para o duende do Roberto Carlos , atacar a dispensa à tarde quando a pirralha da Rebeca não está por perto e ver se algum ovo de Páscoa foi milagrosamente esquecido e ir tomar um suco com as meninas depois da aula e planejar a queda do diretor da escola e outros megalomaníacos no poder, mas alguém pode me ensinar aí como é que faz para sarar de depressão pós-menino-lindo-e-super-legal-que-mora-no-fim-do-mundo? Essa, realmente ninguém merece.

 

Tudo bem que ele nem tem internet (aliás, mais um defeito pra lista de coisas que podem me fazer não gostar dele) e nem vai ler isso aqui, mas também não vou relevar nomes para o pessoal – né, Renato? – ficar me zoando depois, ou perguntar se agora eu ando de botina, gosto de música sertaneja, e mais aquelas piadas de suuuper bom gosto.  Mas ele é tão gente boa, tão tranqüilo, tão diferente desse povinho estressado daqui. Afff!

 

Por que é sempre assim? Por que quando a gente gosta de um menino, o peste não liga, fica se sentindo o Zidane no último jogo da carreira e nem tá nem aí pra saber se a gente respira ou não, e quando um menino gosta da gente de repente vira o cara mais mala do Brasil, e quando a gente gosta de um menino e ele gosta da gente, tem que morar lá nos cafundós onde nem bota de Judas tem? Parece que tem sempre alguém brincando com a nossa cara – o lance é que não tem graça nenhuma!

 

E o que nos leva a uma das maiores questões da humanidade: amor de praia sobe a serra?  E suas variáveis: amor de montanha desce a serra? Amor de fazenda pula a cerca (ooops, esse não ficou muito legal)? Amor de interior pega o busão pra capital? Amor estrangeiro pega avião?

 

Eu sei que daqui a pouco vou ter milhões de coisas pra pensar, as provas bimestrais já estão chegando no mês que vem e que tudo vai passar um dia, mas será que nas próximas eleições não rola um candidato que propõe dois meses de férias no meio do ano, não? Se alguém aí souber, me avise. E vote nele!!!

 

Beijocas da Ritoca


Escrito por Ritoca às 15h07
[ ] [ envie esta mensagem ]


Afff, já faz o maior tempão que não escrevo por aqui. É que tá super corrido, tive que correr atrás do prejú das primeiras provas bimestrais, e esse frio dá uma preguiça... E até esqueci de comentar um lance super importante: o dedo-duro do Orkut!

A maior diversão desse negócio sempre foi espiar a página da menina mais fresca na escola, que não olha na nossa cara, pra ver se assim a gente descobre alguma coisa – ou seja, que de algum jeito ela não é tão linda e perfeita assim, deve ter uma verruga, ser uma loira falsa ou coisa parecida -, pra ver se aquele menino gatinho é “pra casar” ou tem um monte de mulher dando mole nos scraps dele e até para saber se aquele ex já se arrumou de novo. Eu me sentia uma verdadeira detetive particular – mas trabalhando de graça... Dããã. Ah, como dizia minha avó, “não dá lucro mais diverte”.

E agora (quer dizer, há umas duas semanas), o Orkut deu de virar velha fofoqueira que fica na janela dedurando pra todo mundo que você viu o perfil deles. E aí entra um povo dizendo assim: “ei, vi você na minha página, quem é você?”, no melhor estilo “vem cá, te conheço?”.  Tudo bem que, por outro lado, a gente também fica sabendo que viu a nossa página, as nossas fotos, e sabe agora que eu adoro hambúrguer - e que estou sem namorado. Até que apareceram uns gatinhos bem fofos, e aí dá para mandar um scrap no mesmo estilo “vem cá, te conheço?”, mas com todo o charme e até fazer uns “amigos” novos....

Mas quer saber? Arranquei o dedão do dedo-duro. A Lu também fez isso, porque ficou morrendo de vergonha, lógico. Só a Mari que é doidona e continua vendo os perfis da galera na maior cara de pau e não está nem aí. Só ela mesmo...  Mas eu acho que prefiro o mistério. Se algum cara legal pro acaso ver o meu perfil, pode me chamar pra conversar no msn, sei lá, de qualquer jeito, né? Bem que essa pode ser uma ótima desculpa pra eu continuar sendo curiosa, mas ninguém precisa saber, né?  

Beijocas da Ritoca


Escrito por Ritoca às 11h19
[ ] [ envie esta mensagem ]


A gente ainda está em maio, ainda faltam dois meses para a Copa do Mundo, mas vocês já repararam que tem verde e amarelo por tudo que é canto? É camiseta, meia, calcinha, balinha (eu já comi: as cores são diferentes, mas as duas têm sabor de menta. Farsantes!), brinquedo, até produto de limpeza verde e amarelo minha mãe já comprou lá pra casa – será que tem o perfume da vitória? ;) Fora os 14.576 comerciais irritantes que prometem viagens pra Alemanha, uma TV e até uma sala toda decoradinha pra assistir aos jogos.

E o povo também não fala de outra coisa: quem vai? Quem não vai? O Parreira não é muito retranqueiro? O Rogério Ceni não merece uma vaga? E a grande pergunta: onde você vai assistir aos jogos da Copa?  Minha mãe já está até pensando nas porcarias em geral que vai servir na hora do jogo – com a ajuda da pirralha da Rebeca, que já está com uma bolsinha da Hello Kitty com as cores da “seleção canarinho.” Afff...

Eu não tenho nada contra futebol. Tá bom, no ano passado tive uma experiência péééssima com um corinthiano (amigas, vocês sabem de quem eu estou falando, né? Ninguém merece...), e sei que não dá pra falar: deixa pra torcer (e sofrer) na hora. Mas não dá pra falar de outra coisa, não? Esse povo que só fala de futebol – ai, como eu odeio mesa redonda – quer fazer tanto estudo, tanta previsão, tanta especulação que o negócio acaba perdendo a graça. Legal é assistir ao jogo na hora e xingar a mãe do juiz e todas as suas gerações passadas, chamar o zagueiro de burro e depois ficar com cara de tacho quando ele participa de um lance incrível, jogar a pipoca pra cima na hora do gol (e correr com a vassoura, senão já viu) e – é claro – paquerar as pernas daqueles italianos lindos, né, amigaaa?

Aliás, eu já falei que adoro futebol?


Escrito por Ritoca às 18h00
[ ] [ envie esta mensagem ]


O primeiro colegial não tá fácil, não, mas entre um fichamento de História (afff) e um problema de Física (pra que eu vou usar isso mesmo? Hein?), ainda dá tempo de dar uma sapeada pela net. E toda vez que entro nesses sites de notícia pra ver se tem algum show dos Enjaulados, ou o que vai acontecer no Rebelde, pulam na tela umas reportagens assim: “Como emagrecer depois da Páscoa”, ou “Como perder todas as calorias do chocolate”. Pô, dá um tempo, né? Tudo bem que tem todo aquele lance de que Páscoa é renascimento, é o começo de uma vida nova, mas tem coisa melhor que inaugurar uma nova fase devorando um ovão lotado de bombons? Eu não fico com dó nem dos coelhinhos (de chocolate)!

Eu sei que cuidar da saúde é importante, e detonar meio quilo de chocolate por dia não deve ser nadinha saudável, mas será que alguém consegue ter uma Feliz Páscoa pensando em quantos quilômetros vai ter que correr a cada mordida? Lá na escola tem umas meninas ratas de academia, que só falam em malhar, vivem de regime e acham que a alface é parte mais gostosa de um Big Mac.  Mais uma vez, nada contra quem gosta de esporte ou curte uma salada, mas pra que toda essa culpa, todo esse dramalhão de novela mexicana mal dublada, por causa de um doce?

Eu sei que tenho meus momentos de fúria e não sou a garota mais indicada pra dar conselhos, mas acho que, nessas horas, o negócio é ter equilíbrio: não passar vontade, mas não exagerar também. Todo mundo sabe mais ou menos qual é o seu limite – menos o Beto, mas essa história vocês já conhecem.

Olha eu dando uma de nutricionista/psicóloga.  Mas sabe que eu gostei? Talvez seja só uma desculpinha pra eu devorar o restinho do meu ovo de Páscoa. E sabe que o ovo da Rebeca anda me paquerando? Hummm...  


Escrito por Ritoca às 17h08
[ ] [ envie esta mensagem ]


Faltam só quatro dias para o Marcos Pontes, o astronauta brasileiro, voltar pra casa, mas se eu fosse ele já estaria com uma pontinha de saudade adiantada do espaço. Pô, o cara se preparou todos esses anos pra ver a Terra lá de cima por uma semaninha só? E fora que ele nem pode ficar na janelinha o tempo todo; tem que fazer mil experimentos, ver se feijão brota sem gravidade, se vaga-lume acende dentro da estação espacial – ou alguma coisa parecida -, é trabalho que não acaba mais!

Mas a gente vê o sorrisão “menino feliz” dele na TV e entende tudo: o trabalho é uma curtição quando a gente faz o que gosta; não tem tempo ruim. E aí eu fiquei pensando: será que algum dia vou adorar o meu trabalho assim? Será que um dia eu vou conseguir arrumar um trabalho?  Ehehehe... Aliás, o que é que eu vou ser, hein?

Eu sei que essa pergunta vai ficar martelando na minha cabeça por mais uns dois anos – vou pedir pra minha mãe renovar o estoque de aspirina lá de casa -, porque eu só estou no primeiro colegial e ainda tenho um tempão pra decidir, né? Mas e seu não decidir? E se eu nunca achar uma coisa em que eu seja boa de verdade? Afff...

Eu adoro escrever – quem me conhece sabe, e vocês podem ver o tamanhão desse post – mas será que isso dá futuro? Ah, sei lá. De repente, dá vontade de ser tanta coisa diferente... E acho que não ia ser nada mal escrever o Blog da Ritoca lá de estação espacial ou transmitir meus posts por satélite – luxo total! Ritoca, a primeira astronauta brasileira (e com um macacão rosa bem acinturadinho, que ninguém merece ser confundido com um saco de batatas espacial). Já pensou?

Eu ainda tenho uns 1.095 dias pra pensar.


Escrito por Ritoca às 18h47
[ ] [ envie esta mensagem ]


A oitava série foi tudo de bom, mas sabe que estou adorando esses primeiros dias no primeiro colegial? Ai, no começo deu o maior frio na barriga, toda essa galera nova e tudo mais! E se o povo não fosse com a minha cara? E se eu ficasse sozinha pra sempre e me tornasse a mais nova nerd do colégio? Mas não foi nada assim – depois eu conto tudo direitinho -, e esse lance de amizades novas me fez pensar como é legal fazer amigos aqui também no blog. 

Pô, esse pessoal é gente boa demais!  Tô adorando “conversar” com todos vocês. Mas isso é que legal nos blogs. Escrever geralmente é uma coisa tão solitária, ainda mais quando a gente fala da própria vida, e é tão bom ver que alguém deixou mais um recadinho, um comentário legal – até um admirador secreto apareceu! Uhú! Quem será hein?  Tô morrendo de curiosidade! Se vocês tiverem alguma sugestão até o gatinho abrir o jogo...

Vamos ver se um dia desses a gente se encontra no MSN ou no Orkut, né?  

Beijos para todos!

Ritoca

P.S.: Ah, o lançamento daquele livro foi o máááximo!! Conheci muita gente legal! Também foi um jeito muito loco de fazer amizades! Brigadão a todo mundo que apareceu por lá!


Escrito por Ritoca às 11h15
[ ] [ envie esta mensagem ]


Affff... nem acredito! Depois de uma semana de muita enrolação, minha mãe finalmente resolveu levar a gente pra Bienal. Eu queria ter ido à noite, porque durante o dia fica lotado com os pirralhos das excursões mas, como foi a primeira semana de aula da Rebeca na 5a série, e a garota ficou traumatizada (tinha que ser!), só sobrou amanhã mesmo. Eu é que não quero nem saber de ficar de babá: estou louca pra dar umas voltas com a Mari e a Luísa e ver os livros dos meus escritores favoritos!

Mas também tenho um compromisso super importante amanhã por lá: é o lançamento do livro Blog da Ritoca, que conta a história de três meninas lindas e poderosas e que, por alguma loucura do destino, eu conheço suuuuper bem!  Luxo total!! Eu acho que vai bombar!

O lançamento vai rolar amanhã, dia 18/03, às duas e meia da tarde, no estande da Editora DCL.

Espero vocês lá!

Beijocas da Ritoca  (e pra quem me chamar de Ricota, vai rolar um boxe!)


Escrito por Ritoca às 18h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


Todo começo de ano é a mesma coisa: meus pais quase morrem do coração na hora de comprar o material escolar. Como eu já vou para o primeiro colegial, não tem mais tanta frescura - quer dizer, eu só queria todos os cadernos com o Ricardo dos Enjaulados na capa, mas minha mãe disse que estava "caro demais". Ahã.  Mas ela não reclama na hora de comprar uma cartolina fúcsia, um apontador com o formato da cabeça de um ursinho carinhoso, mais um monte de palitos de sorvete (sem o sorvete) e outras coisas suuuuuuuuper úteis para a Rebeca, a pirralha da minha irmã. Affff...

Mas a parte que eu mais gosto é de comprar os livros. Um monte de gente tem bronca dos livros que a escola manda ler - e eu mesma não sou como a Luisa, minha amiga que devora um catatau por semana, né, Lu? Mas, tirando a chatice da prova que vem depois, ler é bem legal. Sei lá, tira a gente um pouco dessa mesmice de todo dia, sabe? Essa semana a gente vai dar um pulinho na Bienal do Livro de São Paulo. Minha mãe disse que tem muuuito livro para escolher, dá até pra pegar o autógrafo de alguns escritores, e ainda rolam uns descontos - quem sabe não sobra uma graninha para os meus cadernos? É claro que vou pagar o maior micão e ter que andar de mãozinha dada com a Rebeca em cada editora de livro infantil (ninguém merece), mas acho que vai ser bem louco!

A Mari, minha outra melhor amiga, também vai! Quem sabe a gente não encontra uns gatinhos intelectuais por lá?  A Bienal começa amanhã.


Escrito por Ritoca às 19h53
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]




BRASIL, Mulher,
de 12 a 15 anos

01/10/2007 a 31/10/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006


Dê uma nota para meu blog

Meu livro!!! Blog da Ritoca - Amizades e Paqueras
Ritoca no Orkut

Indique este blog

XML/RSS Feed
O que é isto?